Pular para o conteúdo

História

1992

Com o propósito de trabalhar todas as instâncias do olhar, o Paço da Imagem inicia suas atividades no contexto da fotografia no Rio de Janeiro. Sediado no centro da Cidade, consagra-se como um espaço aberto ao fazer, ao uso e à reflexão acerca da linguagem fotográfica, fomentando sua prática no decurso dos projetos que desenvolve, com o objetivo de aprimorar e compartilhar a criação artística e intelectual a partir da comunicação e cooperação entre indivíduos.

1993

Aproximar a sociedade comum da fotografia nos impulsionou à esfera sociocultural com projetos democráticos nos quais o intercâmbio de ideias e o alinhamento com a linguagem são seus pontos fortes. Destacamos o projeto SEXTA LIVRE pelo seu caráter informal e abrangente marcando o início de uma série de outros encontros que, a exemplo, passaram a acontecer no Rio de Janeiro.

1998

Acontece a primeira edição do LUZES DA CIDADE. O projeto se caracteriza pelo envolvimento de instituições e profissionais engajados com a fotografia - é o intercâmbio cultural. Destacamos a edição de 2003 quando 4 fotógrafos brasileiros selecionados, dentre vários inscritos de todo o Brasil, estiveram em Paris por 40 dias em diversas atividades sem qualquer custo.

2006

Na busca da promoção de encontros nos quais pudéssemos analisar e refletir sobre o protagonismo da fotografia em variados setores da sociedade, criamos o ENTRE VISTAS. Em síntese, o projeto é uma janela de trabalhos realizados cujo suporte é a fotografia. Já estiveram presentes sociólogos, cineastas, botânico e historiadores dentre outros.

2016

Rompendo com a tradição de cursos em módulos, inovamos com FOTOGRAFIA PROFISSIONAL. Um curso completo desenvolvido de forma dinâmica e diferenciada capaz de produzir as competências necessárias a todos que buscam fazer da fotografia uma atividade profissional de sucesso.

2017

Continuamos aprimorando nossas práticas, desenvolvendo novos projetos e focando na fotografia como um bem cultural. A novidade é o CLUBE DO PAÇO que reunirá diversos eventos, pesquisas, trabalhos, debates e mostras para que todos possam manter, de alguma forma, um contato com a arte fotográfica.